EUA: Congresso precisa elevar teto da dívida antes do recesso, diz secretário

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, afirmou na noite desta quarta-feira, 10, que o Congresso precisa elevar o teto do endividamento do governo federal americano antes de deixar Washington para o recesso em agosto. O cronograma pressionaria extraordinariamente os congressistas para que um acordo sobre a medida fosse alcançado antes de setembro. "Isso é algo sobre o qual estamos discutindo, atualizando os números e, potencialmente, a necessidade de fazer algo antes que todos saiam para o recesso de verão", disse Mnuchin a repórteres.

Os comentários do secretário americano vieram após uma reunião entre ele, outros integrantes da Casa Branca e líderes republicanos na Câmara dos Representantes e no Senado. Uma votação para ampliar o teto da dívida do governo tende a ser dolorosa para alguns congressistas, em especial os republicanos, já que muitos eleitores veem a medida como uma razão para maiores déficits federais. Neste ano, republicanos e democratas esperam incluir limites ao aumento de gastos com defesa na proposta.

Mnuchin e a presidente da Câmara, a democrata Nancy Pelosi (Califórnia), planejam discutir o teto da dívida do governo dos EUA nesta quinta-feira, dia 11. Fonte: Associated Press.

Notícia



Governo e oposição da Venezuela retomam diálogo em Barbados

Em meio a fricções geradas após a prisão de dois integrantes da equipe de segurança do líder oposicionista Juan Guaidó, o governo e a oposição da Venezuela retomaram nesta segunda-feira negociações na ilha caribenha de Barbados, promovidas pela Noruega, a fim de abrir caminho para um diálogo que permita uma saída pacífica para a crise...