Maxi López pede rescisão de contrato e está perto de deixar o Vasco

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


Poucas horas após ser cortado da partida contra o Fortaleza, o atacante Maxi López decidiu deixar o Vasco. Na tarde desta sexta-feira, o argentino pediu uma rescisão amigável de contrato e a diretoria aceitou. As duas partes agora negociam como será a finalização do vínculo.

O pedido foi feito diretamente ao presidente Alexandre Campello, que aceitou a decisão do argentino. Seu contrato tinha duração até dezembro deste ano. As duas partes ainda não se manifestaram publicamente sobre a saída.

Maxi López havia sido comunicado no início do dia que não seria relacionado para o duelo contra o Fortaleza, domingo, no Castelão, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. A decisão foi tomada pelo próprio técnico Vanderlei Luxemburgo. A motivação seria o peso acima do ideal.

"Na análise da comissão, que eu comando, entendemos que ele está fora daquilo que nós queremos. Estamos fazendo um trabalho individualizado, colocamos a comissão e a estrutura do Vasco à disposição dele para trabalhar, entrar em forma naquilo que nós queremos. Ele foi amável, tranquilo, aceitou o que nós colocamos", afirmou Luxemburgo, ao canal de vídeos do Vasco no YouTube.

A comissão do Vasco definiu uma programação específica de trabalhos para Maxi López realizar, com a intenção de perder peso e melhorar o seu condicionamento. Luxemburgo dissera que contava com o argentino para a sequência do Brasileirão, mas indicara que só voltará a escalá-lo quando metas forem alcançadas.

"Teve um pouco de resistência, o que eu gostei. Ele queria estar no grupo. Mas eu quero que ele faça o trabalho para que se torne o atleta que possa contribuir. Colocamos nutricionista, preparação física, departamento de ciência para que possamos fazer um trabalho crescente", acrescentou o treinador. Poucas horas após as declarações do técnico, o argentino decidiu pedir para sair do clube vascaíno.

No Vasco desde 2018, Maxi López marcou sete gols em 19 jogos pelo clube no ano passado. Nesta temporada, o argentino também já entrou em campo 19 vezes, mas com quatro gols. No domingo passado, na estreia de Luxemburgo no comando do time carioca, foi titular no empate por 1 a 1 com o Avaí, atuando pelos 90 minutos.

Notícia