Procuradoria investiga fraudes em 80 licitações da educação na Baixada Fluminense

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O Ministério Público Federal (MPF), a Polícia Federal e a Controladoria Geral da União (CGU) deflagraram, nesta segunda-feira, 15, a Operação Ultraje, com o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada em fraudar licitações no Rio, em especial na pasta de Educação. Os desvios podem chegar a R$ 20 milhões. Mais de 80 licitações com suspeitas de fraude foram detectadas.

De acordo com a investigação, a organização atuava em municípios da Baixada Fluminense e nas cidades de Itaguaí, Seropédica, Miguel Pereira e Mangaratiba. Agentes cumprem nove mandados de prisão preventiva, um de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão, no Rio de Janeiro e na Baixada Fluminense. As ações são concentradas em Nilópolis.

Notícia



Partido Conservador britânico volta a pressionar por renúncia de Theresa May

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, deve ser comunicada nos próximos dias por Graham Brady, líder do Comitê 1922 (grupo integrado por parlamentares do Partido Conservador que não tem cargo no governo), para que deixe o governo até o final de junho ou enfrentará um novo processo pedindo por sua saída...