Bolsonaro afirma que cerca de três dias após voltar do Chile irá para Israel

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O presidente Jair Bolsonaro confirmou que viajará a Israel até o final do mês como parte da sua agenda internacional. Durante transmissão ao vivo no Facebook, na noite desta quinta-feira, 14, ele disse que embarcará ao país cerca de três dias após retornar de viagem ao Chile, que ocorrerá entre os dias 21 e 23 de março. Antes, irá aos Estados Unidos.

Ontem, durante café da manhã com jornalistas, Bolsonaro comentou que está ouvindo todas as partes antes de tomar uma decisão sobre a mudança da embaixada brasileira em Israel, de Tel Aviv para Jerusalém. Na conversa, lembrou que Donald Trump demorou nove meses para completar o processo. A mudança foi uma das promessas de campanha de Bolsonaro.

Notícia



Câmara não conclui votação da reforma administrativa e nova sessão é convocada

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão do plenário que analisava a medida provisória 870, que reestruturou o número de ministérios na gestão Jair Bolsonaro, sem concluir a sua votação...