Lagarde, do FMI, critica Brexit e alerta que "nada será tão bom quanto é agora"

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, advertiu neste domingo a saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit) e afirmou que "nada será tão bom quanto é agora" para a economia do país.

Lagarde, que falou no World Government Summit em Dubai, não hesitou em criticar o Brexit. O Reino Unido deverá deixar a União Europeia em 29 de março. As empresas do Reino Unido temem que um possível Brexit "sem acordo" com a UE cause caos econômico impondo tarifas, alfândegas e outras barreiras entre os dois blocos.

"Estou certa de uma coisa: que nada será tão bom quanto é agora depois do Brexit, com certeza", disse Lagarde. "Se terminar bem, com uma saída suave dada pelas uniões aduaneiras, ou se houver uma saída sem acordo, não será tão bom como é agora", pontuou.

Ela pediu a todas as partes que "se preparem para isso", uma vez que "isso" irá agora conduzir o Reino Unido. Fonte: Associated Press

Notícia



Brasil se aproxima do 'rompimento diplomático' ao vetar alto escalão de Maduro

Com a portaria publicada na terça, 20, no Diário Oficial da União, que proíbe a entrada de altos funcionários do regime venezuelano de Nicolás Maduro no País, o Brasil se aproxima de um rompimento diplomático com o país vizinho...