Levantamento revela queda nos preços da gasolina

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir
Levantamento revela queda nos preços da gasolina
Foto: Divulgação

Os cortes de preços nas distribuidoras refletiram em queda no preço dos combustíveis nos postos brasileiros é o que revela um índice de uma empresa de pagamentos (baseado nos abastecimentos de 18 mil postos). A exceção foi o Gás Veicular Natural (GNV), que registrou alta de 3,41% na média de todo o País.

Com atualização do custo do gás anunciado pela Petrobras, temos observado um período de alta no preço do GNV. O combustível que apresentava variações de baixa nos meses anteriores, não registrou queda em nenhum Estado, em novembro, e foi vendido a R$ 3,126, ante a média de R$ 3,023, do mês anterior.

Em novembro, a gasolina não apresentou alta em nenhum Estado da federação, com o litro vendido a R$ 4,721, valor 2,68% menor que o do mês anterior. No Amazonas, o preço manteve-se estável e no Distrito Federal a redução chegou a 6,12%, a baixa mais significativa registrada para o combustível.

O Acre segue liderando o ranking brasileiro com o litro da gasolina mais caro, comercializado a R$ 5,05, ante R$ 4,299 de Santa Catarina, o menor valor registrado para o combustível na média de novembro.

O etanol também apresentou redução, com o litro vendido a R$ 3,523, ante R$ 3,542 da média de outubro. Na Bahia a baixa chegou a 6,51%, onde o litro passou de R$ 3,562 para R$ 3,330.

O combustível é 22% mais barato no Sudeste quando comparado ao Norte. Em São Paulo, por exemplo, está o valor médio mais baixo do etanol no Brasil, com a média de R$ 2,774, ante R$ 4,29 de Rondônia, o mais caro do País.

Já a média de valores do litro do diesel registrou queda de 1,60%. O maior valor comercializado foi no Amapá, a R$ 4,45 o litro. Neste mesmo Estado é encontrado o maior valor médio para o diesel S-10, R$ 4,68.

Notícia



Volvo e Uber apresentam produção de veículos prontos para direção

A Volvo Cars e o Uber, companhia líder em serviços de compartilhamento de carros, anunciaram a produção conjunta de automóveis 100% autônomos, um próximo passo na colaboração estratégica entre as duas companhias...