Seleção inglesa é convocada com Rooney e retorno de lesionados

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


Quarta colocada na última Copa do Mundo, a Inglaterra foi convocada nesta quinta-feira para as duas partidas que realizará este mês. O grande destaque da lista anunciada pelo técnico Gareth Southgate ficou por conta do veterano atacante Wayne Rooney, que volta à seleção após dois anos de ausência.

Rooney foi convocado para uma despedida da Inglaterra. Aos 33 anos, o maior artilheiro da história da seleção participará apenas do amistoso beneficente diante dos Estados Unidos, que será realizado quinta que vem, em Wembley. Será sua primeira partida pelo país desde novembro de 2016.

Rooney estreou pela seleção em 2003, ainda aos 17 anos, e vestiu as cores do país em 119 partidas. São 53 gols pela equipe para o atacante, que terá sua fundação ajudada pela Associação de Futebol da Inglaterra (FA) com ações de arrecadação no amistoso contra os Estados Unidos.

Mas o veterano não é a única novidade na lista de Southgate. Nomes como Fabian Delph, Dele Alli, Jesse Lingard e Ruben Loftus-Cheek voltaram a ser lembrados pelo treinador depois de um período afastados da seleção por causa de problemas físicos.

Dos 28 chamados, apenas um fará sua estreia pela seleção: o atacante Callum Wilson, do Bournemouth, que tinha no currículo apenas passagens pelo time sub-21 da Inglaterra, quatro anos atrás, quando foi comandado justamente por Southgate. O zagueiro Michael Keane, do Everton, voltou a ser lembrado após mais de um ano.

Além de encarar os Estados Unidos em amistoso, a Inglaterra vai pegar a Croácia - para quem perdeu na semifinal da última Copa - no dia 18, novamente em Wembley, pela Liga das Nações. A equipe precisa vencer este compromisso para seguir com chances de classificação. Para esta partida, Rooney não estará disponível.

Confira a convocação da seleção inglesa:

Goleiros: Jack Butland (Stoke City), Marcus Bettinelli (Fulham), Alex McCarthy (Southampton), Jordan Pickford (Everton).

Defensores: Trent Alexander-Arnold (Liverpool), Ben Chilwell (Leicester City), Lewis Dunk (Brighton & Hove Albion), Joe Gomez (Liverpool), Michael Keane (Everton), Luke Shaw (Manchester United), John Stones (Manchester City), Kieran Trippier (Tottenham), Kyle Walker (Manchester City).

Meio-campistas: Dele Alli (Tottenham), Ross Barkley (Chelsea), Fabian Delph (Manchester City), Eric Dier (Tottenham), Jordan Henderson (Liverpool), Ruben Loftus-Cheek (Chelsea), Harry Winks (Tottenham).

Atacantes: Harry Kane (Tottenham), Jesse Lingard (Manchester United), Marcus Rashford (Manchester United), Wayne Rooney (DC United-EUA), Jadon Sancho (Borussia Dortmund), Raheem Sterling (Manchester City), Danny Welbeck (Arsenal) e Callum Wilson (Bournemouth).

Notícia