Na Argentina, manifestantes protestam contra medidas de austeridade de Macri

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


Milhares de argentinos realizaram uma manifestação para protestar contra as recentes medidas de austeridade do governo de Maurício Macri e para exigir soluções para a crise econômica que o país enfrenta.

Manifestantes liderados por grupos sindicais travaram o trânsito em algumas das principais avenidas da capital argentina nesta quarta-feira. Alguns manifestantes cozinharam guisados em panelas e ofereciam à população para dramatizar os crescentes níveis de pobreza em solo argentino. Os preços ao consumidor do país estão em alta, o desemprego está aumentando e o peso tem se desvalorizado acentuadamente em relação ao dólar.

A crise forçou o governo Macri a buscar uma linha de crédito de US$ 50 bilhões junto ao Fundo Monetário Internacional (FMI). O presidente argentino anunciou recentemente novos impostos sobre as exportações e a eliminação de diversos ministérios do governo para acalmar as preocupações dos mercados financeiros sobre a capacidade da Argentina de pagar suas dívidas. Fonte: Associated Press.

Notícia



Em sermão, Francisco condena fechamento de fronteiras a imigrantes e pedofilia

O papa Francisco usou a cerimônia da sexta-feira da Paixão para condenar o que chamou de "todas as cruzes" de sofrimento do mundo, incluindo aquelas suportadas por imigrantes que encontram fronteiras fechadas e crianças que sofrem em sua "inocência e pureza"...