Secretário-geral da Otan diz que compromisso de elevar gastos é claro

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, disse nesta quinta-feira que o compromisso de elevar os gastos com defesa está claro, mas não confirmou o aumento no futuro de 4% do Produto Interno Bruto (PIB) defendido pelo presidente dos EUA, Donald Trump.

Em entrevista à CNN, Stoltenberg não quis entrar em detalhes sobre os gastos futuros em relação a defesa, dizendo apenas que "é claro o compromisso de elevar os gastos".

Mais cedo, Trump disse que uma meta de elevar os gastos com defesa a 4% do PIB entre os integrantes da Otan é algo para o futuro, informação que foi negada pelo presidente da França, Emmanuel Macron.

Macron negou a afirmação de Trump de que os aliados da Otan concordaram em elevar os gastos com defesa mais rápido e para além de 2% do PIB. "Houve um comunicado publicado ontem e ele está muito detalhado", comentou Macron. "Ele confirma a meta de 2% do PIB em gastos com defesa. Isso é tudo."

Notícia



Casa Branca defende indicado de Trump à Suprema Corte

A assessora da Casa Branca Kellyanne Conway disse nesta segunda-feira, 24, que as acusações de assédio sexual feitas por duas mulheres contra o juiz Brett Kavanaugh, indicado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para a Suprema Corte, são uma "vasta conspiração da esquerda"...