Presidente da Itália dá posse premiê populista, após 3 meses de impasse político

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O presidente da Itália, Sergio Mattarella, deu posse nesta sexta-feira ao primeiro governo populista da Europa Ocidental em anos.

Com um gabinete que mistura nomes antiestablishment com defensores da extrema-direita, o advogado Giuseppe Conte, inexperiente na política, tomou posse como primeiro-ministro depois de três meses de impasse político.

O governo foi um acerto entre os populistas do Movimento 5 Estrelas (M5S) e o partido de extrema-direita Liga e marca a segunda tentativa de Conte de assumir o cargo. A primeira naufragou no final de semana, quando Mattarella não aceitou a indicação do economista eurocético Paolo Savona como ministro das Finanças.

Mas Savona não vai ficar de fora do gabinete. Ele foi indicado como ministro de Assuntos Europeus. Para a pasta de Finanças, Conte escolheu - e Mattarella aceitou - o professor de economia Giovanni Tria, que é crítico à centralização de políticas da União Europeia, mas defende a permanência da Itália na zona do euro.

Os líderes do M5S, Luigi Di Maio, e da Liga, Matteo Salvini, serão vice-primeiros-ministros. Eles também responderão, respectivamente, pelas pastas de Desenvolvimento Econômico e Interior.

A cerimônia desta sexta-feira prepara o terreno para a entrega formal do governo a Conte. Votos de confiança estão programados para o novo governo no parlamento na próxima semana. Fonte: Associated Press.

Notícia