Na estreia de técnico, Japão pede amistoso para Gana

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


A seleção japonesa decepcionou no jogo de estreia do técnico Akira Nishino. No seu único amistoso em casa na fase final de preparação para a Copa do Mundo, a equipe perdeu por 2 a 0 para Gana, nesta quarta-feira, em duelo disputado no Estádio Internacional de Yokohama.

O Japão se classificou para a Copa do Mundo sob o comando do técnico Vahid Halilhodzic, mas o bósnio acabou sendo demitido em 7 de abril, após tropeços em amistosos, com o empate por 1 a 1 contra Mali e a derrota por 2 a 1 para a Ucrânia, sendo sucedido por Nishino.

O novo treinador da seleção japonesa, então, anunciou uma lista preliminar de 27 convocados em 18 de maio. E indicou que a relação final de 23 nomes da equipe para a Copa do Mundo será anunciada na quinta-feira, portanto, no dia seguinte ao amistoso com Gana, também o seu primeiro compromisso à frente do Japão.

Diante de um adversário que era apontado como favorito para se classificar à Copa do Mundo no continente africano, mas que decepcionou nas Eliminatórias, o Japão teve atuação pobre e sofreu dois gols em jogadas de bola parada no amistoso realizado sob chuva.

O primeiro gol foi marcado por Thomas Partey, em cobrança de falta, aos nove minutos da etapa inicial. Depois, aos seis minutos do segundo tempo, Emmanuel Boateng converteu pênalti e colocou Gana em vantagem de 2 a 0. Na etapa final, Nishino fez seis substituições, incluindo as entradas de Shinji Kagawa e Shinji Ozaki. O Japão, então, criou mais chances de gol, mas não conseguiu superar o goleiro ganês Richard Oori.

Em sua preparação para a Copa do Mundo, o Japão ainda fará dois amistosos, ambos na Suíça. A equipe vai enfrentar a seleção da casa em 8 de junho, em Lugano, e depois terá pela frente o Paraguai, no dia 12, em Lausanne.

Na Copa do Mundo da Rússia, o Japão está no Grupo H e estreará em 19 de junho, contra a Colômbia. Seus outros jogos na chave serão diante de Senegal e Polônia, nos dias 24 e 28, respectivamente.

Notícia



Davis tem novo formato aprovado e terá 18 países atuando em sede única em 2019

A Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês) anunciou nesta quinta-feira que aprovou uma reforma radical no formato de disputa da Copa Davis, que a partir de 2019 será realizada em sede única e terá apenas uma semana de duração, na qual 18 países lutarão pelo título da principal competição de nações da modalidade...