Mimos da vovó

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir
Mimos da vovó
Foto: Barbara Kids

Mimos da vovó


Antigamente, assim que descobria a gravidez, a futura mamãe, junto a outras mulheres da família começavam a preparar o enxoval com todo carinho na expectativa da chegada do bebê. Esse costume deu origem a peças confeccionadas em tricô e crochê que são passadas de geração em geração.

Além do valor sentimental, elas são carregadas de amor, afinal de contas, foram feitas por mãos especiais e em momentos de grande alegria.
Inspirada por essa tradição, marcas infantis investem na confecção dessas peças, produzindo roupinhas charmosas, delicadas e modernas.

Mitos e verdades
Quando o assunto é roupa de tricô, a primeira coisa que vem a cabeça das pessoas é a possibilidade do material causar alergia à pele do bebê. Hoje em dia, as peças são fabricadas com tricô antialérgico e a mamãe também pode ficar atenta à etiqueta das peças. Verifique se são confeccionadas com fios naturais, pois garantem maior conforto e contato suave com o corpinho do bebê.

Dica!
Para conservar a roupinha por mais tempo, nunca a pendure, seja no varal ou cabide. Por ter elasticidade, o próprio peso da peça pode causar deformidade. Ao lavar, coloque-a para secar em uma superfície plana, de preferência na sombra para não desbotar e guarde na gaveta.

Texto publicado na Revista Fique em Evidência - Edição 82 - Abril/Maio 2018, escrito por Aline Oliveira. Fotos: Barbara Kids

Notícia



Sebrae Móvel visita Cerquilho no dia 18 de dezembro

No dia 18 de dezembro de 2018, Cerquilho recebe a última visita do ano do Sebrae Móvel, desta vez com a Palestra “Sei vender e consultoria”...