Temer dá posse a Ronaldo Fonseca na Secretaria-Geral da Presidência

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O presidente Michel Temer deu posse ao deputado licenciado Ronaldo Fonseca (sem partido-DF) como ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República em cerimônia no Palácio do Planalto nesta segunda-feira, 28. A nomeação de Fonseca já havia sido publicado no Diário Oficial da União (DOU) na última sexta.

O Podemos, que era o partido do agora ministro Ronaldo Fonseca, anunciou a desfiliação do deputado após ele aceitar o convite para assumir a pasta. A cadeira estava vaga desde a ida de Moreira Franco para Minas e Energia, no mês passado.

Como mostrou o Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, a nomeação de Fonseca beneficia a candidatura do ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, pré-candidato do MDB ao Palácio do Planalto.

Ao escolher Fonseca, o presidente Temer faz um gesto aos evangélicos, um dos principais públicos-alvo de Meirelles na pré-campanha. O novo ministro é coordenador da bancada da Assembleia de Deus na Câmara, além de pastor e presidente da igreja em Taguatinga (DF), cidade-satélite de Brasília.

Com a nomeação, Temer também ajuda Meirelles ao enfraquecer a articulação da candidatura presidencial do senador Álvaro Dias (Podemos-PR). Fonseca era um dos principais articuladores da campanha do senador, mas acabou expulso do partido de Dias quando anunciou que se tornaria ministro.

Notícia