Desempenho de Marina ajuda partido como todo, avalia Miro Teixeira

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O deputado Miro Teixeira (Rede-RJ) afirmou estar entusiasmado com os resultados apontados pela Datafolha. A pesquisa mostra que, nos cenários em que Lula não concorre, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) e a ex-senadora Marina Silva (Rede) ficam empatados na liderança.

Bolsonaro tem 17% das intenções de voto. Marina, por sua vez, oscila entre 15% e 16%. "Agora é preciso trabalhar, mostrar o que ela fará pelo País", disse o deputado da Rede. Para Miro, não há como fazer uma associação entre o crescimento de Marina nas pesquisas com a prisão do ex-presidente Lula. Na avaliação do deputado, o destaque obtido por Marina no levantamento é resultado exclusivo de toda trajetória da ex-ministra e senadora. "Além disso, até pouco tempo, poucos sabiam que Marina sairia candidata. Isso mudou com o lançamento da sua candidatura na convenção realizada há poucos dias", completou.

Uma das grandes dificuldades enfrentadas pela candidata da Rede, reconheceu Teixeira, é o pouco tempo de propaganda eleitoral. "Mas vamos compensar, com atuação nas redes sociais." Para o deputado, a boa colocação nas pesquisas trará benefícios para o partido como um todo. Isso porque, emendou, há maiores chances de composições e coligações nos estados, nas demais disputas eleitorais.

A nova pesquisa Datafolha, que foi feita entre quarta, 11, e sexta-feira, 13, teve como base 4.194 entrevistas em 227 municípios. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no TSE sob número BR-08510/2018.

Notícia



STJ mantém filho da governadora de Roraima na prisão

O ministro Reynaldo Soares da Fonseca, do Superior Tribunal de Justiça, negou nesta sexta, 14, pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do empresário Guilherme Campos, filho da governadora de Roraima, Suely Campos (PP)...