Alexander Rossi fatura a pole da etapa de Long Beach da Indy

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O norte-americano Alexander Rossi é o pole position da etapa de Long Beach da Fórmula Indy, a terceira da temporada 2018. Neste sábado, o piloto da Andrettti Autosport precisou dar apenas uma volta rápida na fase final da sessão de classificação para garantir o direito de largar da primeira posição na prova deste domingo no circuito de rua californiano.

Em segundo lugar na classificação do campeonato, Rossi vem tendo a regularidade como grande marca neste início de temporada, tanto que foi ao pódio - sempre em terceiro lugar - nas duas provas já realizadas. Agora, então, tentará melhorar esse desempenho em Long Beach, de onde largará da liderança.

Aguardando até praticamente o limite para ir à pista no "Fast Six", Rossi quase teve sua volta atrapalhada para um acidente com Josef Newgarden. Mas ele conseguiu o melhor tempo com a marca de 1min06s553, derrubando o favoritismo dos pilotos da Penske, que haviam faturado a pole position em sete das últimas nove provas em Long Beach.

Dessa vez, porém, eles foram batidos. E o australiano Will Power foi quem mais se aproximou do pole position, na segunda posição, com 1min06s905, logo à frente do francês Simon Pagenaud, também da Penske, por apenas 0s006. O neozelandês Scott Dixon, da Ganassi, ficou na quarta colocação, com Graham Rahal em quinto.

O erro cometido por Newgarden no "Fast Six" acabou custando caro e fará o norte-americano da Penkse, atual campeão da Indy e líder da temporada 2018, começar a etapa de Long Beach da sexta colocação.

As dez primeiras posições no grid serão completadas, em ordem, pelo norte-americano Ryan Hunter-Reay (Penske), em sétimo, pelo canadense James Hinchcliffe (Schimidt Peterson), que venceu a prova de Long Beach no ano passado, pelo francês Sébastien Bourdais (Dale Coyne) e pelo canadense Robert Wickens (Schimdt Peterson), na décima posição.

Os dois brasileiros da Foyt vão começar a etapa de Long Beach do bloco intermediário. Tony Kanaan largará da 11ª colocação, com 1min07s348, enquanto Matheus Leist iniciará a corrida do 14º lugar, após marcar 1min08s162.

Notícia



Renan pede 'paciência' à seleção em confronto com a Rússia no Mundial

Após dois confrontos, com resultados diferentes, com a Rússia na Liga das Nações, a seleção brasileira masculina de vôlei já conhece bem seu rival desta quarta-feira, em Turim, na Itália...