Após negociar com o Atlético-PR, Seedorf é anunciado como técnico do La Coruña

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


Depois de ver naufragar a negociação para comandar o Atlético-PR no início do ano, o ex-jogador Clarence Seedorf definiu nesta segunda-feira sua nova casa. O holandês de 41 anos foi anunciado como técnico do Deportivo La Coruña, para a vaga deixada após a demissão de Cristóbal Parralo.

Seedorf já chegou à Espanha e assinou contrato com o novo clube. Os termos do vínculo não foram divulgados. O ex-meia holandês vai ser apresentado ainda nesta segunda, na sala de imprensa do Estádio Riazor.

Este será o terceiro trabalho de Seedorf como treinador. Em 2014, ele comandou o Milan por 22 jogos, com apenas 11 vitórias, dois empates e nove derrotas. No meio de 2016, assumiu o Shenzhen FC, da segunda divisão chinesa, mas também não teve sucesso e acabou dispensado após seis meses e 14 partidas.

Agora, o holandês terá a difícil tarefa de reerguer o La Coruña, goleado por 5 a 0 pela Real Sociedad na última sexta-feira, no que foi a gota d'água para a passagem de Parralo por lá. Seedorf assumirá o time na 18.ª colocação do Campeonato Espanhol, com 17 pontos, dentro da zona de rebaixamento. A estreia deverá ser diante do Betis, na próxima segunda-feira.

Antes de assumir o La Coruña, no entanto, Seedorf quase voltou ao futebol brasileiro, para comandar o Atlético-PR. As partes negociaram e o ex-meia chegou a vir ao Brasil para conhecer a estrutura do clube, mas a diretoria desistiu do negócio e, posteriormente, atacou os representantes do técnico em nota oficial.

Como jogador, Seedorf foi um dos grandes meias do futebol mundial entre os anos 1990 e 2000. Atuou por Ajax, Sampdoria, Real Madrid, Inter de Milão, Milan e Botafogo, além da seleção holandesa, pela qual disputou a Copa do Mundo de 1998. É até hoje o único nome a vencer a Liga dos Campeões como atleta por três times diferentes: Ajax, Real Madrid e Milan.

Notícia



Petrobras confirma parceria com a McLaren e voltará à Fórmula 1 em 2019

A Petrobras anunciou oficialmente nesta terça-feira que firmou uma parceria técnica com a McLaren e, com isso, garantiu o seu retorno à Fórmula 1 a partir da temporada de 2019, quando fornecerá combustível e óleos lubrificantes para a equipe inglesa...