AIE reduz projeção de demanda de petróleo pelo Brasil em 2018

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


A Agência Internacional de Energia (AIE) diminuiu a projeção de demanda de petróleo pelo Brasil no ano que vem de 3,15 milhões de barris por dia (BPD) para 3,13 milhões de bpd, conforme relatório mensal da entidade, divulgado nesta terça-feira, 14. Para este ano, a estimativa de consumo foi mantida em 3,08 milhões de BPD, como já constava no documento divulgado em outubro.

A instituição, portanto, conta com um aumento marginal do uso da commodity este ano, já que, em 2016, ele foi de 3,07 milhões de BPD.

De acordo com a AIE, a demanda pelo produto no primeiro trimestre deste ano foi de 3,01 milhões de BPD e, no segundo, de 3,05 milhões de BPD. Os dados atualizados sobre o consumo de julho a setembro foram levemente atualizados de 3,16 milhões de BPD para 3,17 milhões de BPD.

Para os três últimos meses de 2017, a expectativa da Agência é de uma demanda de 3,08 milhões de BPD, projeção sensivelmente menor do que a vista um mês antes, de 3,11 milhões de BPD.

A entidade apresentou também suas estimativas para todos os trimestres do ano que vem em relação ao consumo de petróleo no Brasil. De janeiro a março, a projeção é de 3,04 milhões de BPD - ante 3,05 milhões de outubro.

De abril a junho, a expectativa passou de 3,13 milhões de BPD para 3,11 milhões de BPD e, de julho a setembro, de 3,23 milhões de BPD para 3,22 milhões de BPD. Para os últimos três meses do ano, a nova previsão da AIE é de demanda de 3,16 milhões de BPD do produto no Brasil ante expectativa anterior de 3,18 milhões de BPD.

Notícia



Dyogo: Brasil superou forte recessão, com impacto no bem-estar da população

O Ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, admitiu nesta segunda-feira, 20, que a recessão dos últimos anos afetou o bem-estar da população, mas avaliou que, com o retorno do crescimento econômico, o governo poderá atuar mais no fomento ao desenvolvimento e na redução da desigualdade social...