Drone causa cancelamento de voos em Congonhas por duas horas

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


Um drone que sobrevoou a pista de pouso no Aeroporto de Congonhas na noite de domingo, 12, interrompeu pousos e decolagens entre 20h15 e 22h25. Por conta do incidente, o horário de operação usual do aeroporto paulistano foi estendido em duas horas. Às 00h45, os dois últimos aviões aterrissavam na pista e ainda havia pessoas no saguão, remarcando voos.

A Polícia Militar foi acionada para tentar localizar o objeto e seu operador, sem sucesso. Diversas aeronaves que iriam descer na capital paulista foram desviadas para outros aeroportos, como Cumbica, em Guarulhos, e Viracopos, em Campinas.

Em maio, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou o regulamento para o uso de drones no Brasil. Segundo ele, a utilização dos aparelhos em desacordo com a norma implicará em processo administrativo, civil e criminal.

Segundo a delegacia de polícia do aeroporto de Congonhas, a situação se normalizou ainda na madrugada. De acordo com as companhias aéreas, vários clientes foram direcionados para hotéis da região. A Latam informou que nove voos foram cancelados e treze desviados para cidades como Campinas, Guarulhos, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro.

Notícia



Raiva humana já deixou pelo menos 12 mortos no PA; animais põem SP está em alerta

Pelo menos 12 pessoas morreram vítimas de raiva humana desde o início do ano na paupérrima comunidade de Melgaço, no arquipélago de Marajó, no Pará, município com o menor IDH do Brasil...