Irã nega envolvimento em ataque a oleoduto no Bahrein

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O Irã negou alegações de que estaria por trás de um ataque a um oleoduto nos arredores da capital do Bahrein, Manama. Segundo a agência estatal de notícias iraniana Irna, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Bahram Ghasemi, disse que as afirmações são "sem fundamento e falsas" e qualificou-as como "acusações infantis" por parte das autoridades do Bahrein. O Bahrein tem lutado contra uma insurgência desde que a monarquia sunita esmagou uma revolta da Primavera Árabe de 2011 liderada pela maioria xiita.

O ministro do Interior do Bahrein, xeque Rashid bin Abdullah Al Khalifa, disse que a explosão de sábado foi "o último exemplo de um ato terrorista realizado por terroristas em contato direto com e sob instrução do Irã". As tensões do Golfo se intensificaram nos últimos dias após a Arábia Saudita, liderada por sunitas, ter culpado o Irã xiita por um míssil balístico disparado pelos rebeldes xiitas do Iêmen que foi interceptado perto de Riad. O Irã negou qualquer envolvimento. Fonte: Associated Press.

Notícia



Presidente alemão deve fazer pronunciamento às 12h30

O presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, deve realizar um pronunciamento às 12h30 (de Brasília), após os partidos envolvidos não conseguirem chegar a um acordo com a sigla da chanceler Angela Merkel para a formação de um novo governo, informou a imprensa local...