Napoli faz 3 a 0 no Bologna e continua com 100% de aproveitamento no Italiano

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


Não foi tão fácil como o placar pode sugerir, mas o Napoli derrotou o Bologna por 3 a 0, neste domingo, no estádio Renato Dall´Ara, em Bolonha, e se manteve com 100% de aproveitamento no Campeonato Italiano, após as suas primeiras três rodadas. Com nove pontos, o time napolitano se junta a Juventus e Internazionale com três vitórias neste início de temporada - o clube de Turim lidera por ter mais saldo de gols (8).

Um dos favoritos para acabar com hegemonia da Juventus na Itália - são seis conquistas consecutivas -, o Napoli não repetiu o que fez na última vez que esteve em Bolonha. Em abril deste ano, pela edição anterior do Campeonato Italiano, goleou impiedosamente por 7 a 1. Neste domingo, o Bologna mostrou estar mais entrosado sob o comando do técnico Roberto Donadoni e deu trabalho.

No primeiro tempo, o time da casa teve uma grande chance com o meia Destro, mas o chute cruzado passou raspando a trave esquerda da meta defendida pelo espanhol Pep Reina. O Napoli não conseguia encaixar o seu jogo de toque de bola rápido - muito disso porque o atacante Lorenzo Insigne não estava em uma noite inspirada e errava muitos passes - e não ameaçava o Bologna.

Só na segunda etapa é que as coisas melhoraram para o Napoli. Melhor postado em campo, o time visitante começou a criar mais e chegou ao primeiro gol em uma jogada muito treinada pelo técnico Maurizio Sarri. Aos 21 minutos, Insigne recebeu pela esquerda na intermediária, cortou para o meio e lançou Callejón em velocidade na direita. O atacante espanhol ficou livre e tocou de cabeça, para o chão, para abrir o placar.

Com a vantagem, o Napoli passou a jogar como gosta: nos contra-ataques. Criou algumas chances e fez o segundo gol, aos 38 minutos, na esperteza do atacante belga Dries Mertens, que roubou a bola do zagueiro, avançou em velocidade na área e tocou por baixo das pernas do goleiro Antonio Mirante. E ainda deu tempo de o polonês Piotr Zielinski, aos 43, marcar o terceiro em novo contragolpe mortal dos napolitanos.

Em outro jogo deste domingo, o Torino precisou de um gol nos acréscimos do segundo tempo para derrotar o lanterna Benevento, recém-promovido da Série B, por 1 a 0, fora de casa. Com o gol de Iago Falque, o time de Turim chegou a sete pontos e está na quinta colocação.

Notícia