Nos EUA, furacão Sally ganha força ao se aproximar do Alabama e da Flórida

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir




O furacão Sally voltou a ganhar força ao se aproximar dos Estados do Alabama e da Flórida. O Centro Nacional de Furacões (NHC) disse que o fenômeno está provocando ventos de 161 quilômetros por hora e foi elevado para a categoria 2, em uma escala que vai até 5.

A previsão mais recente é de que o furacão chegue ao continente na manhã desta quarta-feira. A tempestade avança cerca de 3 quilômetros por hora, em linha reta. Por volta das 2h, horário de Brasília, o furacão estava a cerca de 105 quilômetros do sudeste de Mobile, Alabama, e a 95 quilômetros a sudoeste de Pensacola, Flórida.

A passagem do furacão pelo Golfo do México preocupa o setor energético, já que a região é importante produtora de petróleo e sua proximidade levou às empresas a interromperem parte da produção do diesel. A produção de petróleo na região foi reduzida em cerca de 21%, o equivalente a 396.000 barris por dia, disse o Conselho de Segurança e Fiscalização Ambiental, enquanto a de gás natural foi paralisada em cerca de 25,3%. Fonte: Associated Press e Dow Jones Newswires.

Notícia



Trump pede a grupo de extrema direita que deixe a polícia 'fazer seu trabalho'

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, respondeu nesta quarta-feira, 30, à polêmica sobre sua recusa em denunciar os supremacistas brancos durante o debate de terça-feira com o democrata Joe Biden e pediu aos grupos de extrema direita que se afastem e deixem a polícia "fazer seu trabalho"...