Weverton prevê 'muitos gols' do Palmeiras com a nova saída de bola da equipe

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir




Os torcedores do Palmeiras que acompanharem pela televisão a transmissão da semifinal de domingo, às 19 horas, contra a Ponte Preta, precisarão dispensar atenção especial para a saída de bola de Weverton. Segundo o goleiro, muitos "gols sairão desta forma".

"É algo que o professor e sua comissão vêm introduzindo cada vez mais ao estilo de jogo do time dentro de campo, e eu tenho procurado trabalhar bastante para me adaptar a essa nova função", disse Weverton ao site do clube.

Sob a orientação do preparador Rogério Godoy, Weverton tem aprimorado as jogadas. "Tenho conseguido fazer com excelência, sabendo que corremos um pouco mais de risco, mas estamos nos preparando bem, com segurança e concentração, seja nos passes firmes na saída de bola, seja nos passes longos para surpreender o adversário. Tenho certeza de que ao longo do ano sairão gols desta forma."

Com 106 jogos com a camisa alviverde, o goleiro atingiu a marca de 39 passes certos no clássico contra o Corinthians, aumentando sua performance que era de 20 passes antes da pandemia e 28 no retorno aos jogos.

"Completar 100 jogos é incrível, e já estou pensando nos 150, 200, 300. Estou feliz e espero poder aumentar muito o meu número de partidas pelo clube, além de manter a média baixa de gols sofridos e, claro, de conquistar títulos", afirmou o atleta, que participou do treino desta sexta-feira à tarde, no qual apenas os jogadores de campo reservas fizeram um trabalho técnico com Vanderlei Luxemburgo.

Aliás, o treinador poderá completar no domingo 237 vitórias, igualando-se a Luiz Felipe Scolari. Os dois são superados apenas por Oswaldo Brandão, comandante do time de Palestra Itália em 342 triunfos.

Notícia



Al Wahda pede para Fifa rebaixar Cruzeiro à Série C por dívida de 2016

O Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, pediu à Fifa o rebaixamento do Cruzeiro à Série C do Campeonato Brasileiro por causa do não pagamento de uma dívida de R$ 5,3 milhões pela contratação do volante Denilson, por empréstimo, em julho de 2016...