No Iraque, 31 morrem pisoteados em peregrinação xiita

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


Pelo menos 31 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas nesta terça-feira, 11, em um distúrbio que terminou em pisoteamento durante a peregrinação xiita de Ashura, na cidade iraquiana de Kerbala, ao sul de Bagdá. A peregrinação lembra o martírio de Hussein, neto do profeta Maomé. O Ministério da Saúde iraquiano informou que o número de mortos pode aumentar, pois há vários feridos em estado grave. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Notícia



Vou à Índia na semana que vem e podemos fazer tremendo acordo lá, diz Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quinta-feira que em sua viagem à Índia o comércio bilateral estará em pauta, na próxima semana...